Resposta. Resposta: Positivos: a mente mais aberta, o aperfeiçoamento, a preparação e o planejamento. Negativos: Quebra de expectativa, desorientação.

  • 1 – Ler melhora a concentração. …
  • 2 – Aumentar o vocabulário. …
  • 3 – Aumentar a criatividade. …
  • 4 – Melhorar a escrita. …
  • 5 – Desenvolve o pensamento crítico e intelectual.

O primeiro ponto é que lendo dois ou mais livros você está treinando o seu cérebro a absorver mais informações, novas palavras e tudo isso com uma carga mais intensa de novidades chegando ao mesmo tempo. A segunda vantagem é que a leitura pode se tornar mais interessante.

Ocorre, pois, uma descaracterização do texto como elemento comunicativo, pois o aluno não sabe por que leu, desconhece quem escreveu, não tem ideia da finalidade da leitura e não percebe sua importância como coautor do texto, ou seja, inexiste a interação texto-leitor imprescindível para o entendimento da mensagem.

Com isso, fica perceptível que o mau hábito da leitura inibe a criatividade, a inovação, a formação de cidadãos críticos. O conhecimento de mundo de cada indivíduo é vital para o bom desenvolvimento de sua pátria e a maior parte do mesmo só é obtido por meio da leitura.

Ler aumenta as conexões neurais e funciona como uma ginástica para o cérebro. Estudos mostram que hábitos de leitura pode reduzir em até 30% a incidência de doenças como mal de Alzheimer. Também influencia na hora de fazer associações, o que facilita na hora de aprender um idioma novo, por exemplo.

Ler estimula o raciocínio, ativa o cérebro, aumenta a imaginação, melhora o vocabulário, desenvolve o pensamento crítico, combate o estresse, dá um gás motivacional, amplia criatividade, estimula a capacidade de concentração e o leitor transforma a sua escrita.

“A leitura é uma fonte inesgotável de prazer mas por incrível que pareça, a quase totalidade, não sente esta sede.” “A leitura de todos os bons livros é uma conversação com as mais honestas pessoas dos séculos passados.” “Sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de biblioteca.”

Pesquisas científicas provam que pessoas que leem mais possuem um vocabulário maior e mais rico, além de terem melhores habilidades verbais, como fala e escrita. O fato de você ler mais faz com que você tenha um maior vocabulário e saiba como utilizar melhor as palavras.

7 benefícios da leitura para a sua vida acadêmica

  • Desenvolve o pensamento crítico. …
  • Diminui o estresse. …
  • Aumenta o vocabulário. …
  • Expande a criatividade. …
  • Melhora a capacidade de argumentação. …
  • Ajuda a ter mais empatia. …
  • Aprimora a interpretação de texto.

Ler estimula a criatividade, trabalha a imaginação, exercita a memória, contribui com o crescimento do vocabulário e a melhora na escrita, além de outros benefícios.

Significado de Ilegível
adjetivo Que não se consegue ler; indecifrável: documento ilegível; letra ilegível. Que não pode ser lido com clareza; cuja leitura é muito difícil; incompreensível.

Abaixo vamos apontar algumas dicas que selecionamos quando se trata de uma boa leitura.

  • Antes de começar a ler livros faça isto! …
  • Regra 2 – Compreenda as palavras usadas pelo autor. …
  • Regra 3 – Analise os argumentos do autor do livro. …
  • Regra 4 – Identifique os problemas solucionados pelo autor.

Popularmente, denominamos de “bibliófilo” aquele que costumar ler com muita frequência. O historiador português João José Alves Dias define um bibliófilo simplesmente como “aquele que ama os livros”.

Em resumo, quando usamos o termo dificuldades de leitura, transtorno de leitura ou distúrbios de leitura, estamos usando um termo genérico para uma educação com deficiência de aprendizagem específica que pode afetar: áreas de processamento fonológico; compreensão de leitura; fluência de leitura.

O preço dos livros atrapalha os leitores
Somado a isso temos o problema com a falta de livros nas bibliotecas, que não são abastecidas com tanta regularidade. Se você quiser ler um livro que lançou a pouco tempo, raramente irá encontrá-lo disponível em alguma biblioteca.

A falta de incentivo do governo
Isso resulta em vários aspectos, como: a falta de cuidado para o preço dos livros no Brasil, a falta de uma campanha para que a leitura seja reforçada, e muito mais. Ler cada vez mais é o mesmo de agregar mais valor e conhecimento. Inclusive sobre ações do Governo.

No Brasil, 44% da população não pratica o hábito da leitura e 30% nunca comprou um livro, segundo dados da pesquisa Retratos da Leitura, do Instituto Pró-Livro. Além disso, a média de obras lidas por pessoa ao ano é de 4.96. Desse total, 2.43 foram terminados e 2.53 lidos em partes.

A falta de estímulo, de estrutura, fatores sociais e políticos podem ser algumas das causas, como explica Luiz Rohden, decano da Escola de Humanidades da Unisinos. Outro fator que pode ser analisado é a concorrência, pois a escolha de ler um livro pode bater de frente com a de consumir outros tipos de mídia.

Classe social, nível educacional e gênero não influenciavam no resultado final. Portanto, pelas contas avaliadas pelos estudiosos, ler um livro por apenas meia hora por dia já é capaz de aumentar a longevidade.