Use ou se inspire nos planos de aulas para o 3º ano do Ensino Fundamental, criados a partir das diretrizes da BNCC. Nossos planos trazem referências e sugestões de atividades para usar em sala de aula.

Plano de aula 1: os espaços da cidade

Plano de Aula de História (3º ano do Ensino Fundamental) – Os espaços da cidade

Objetos de conhecimento

Os espaços públicos existentes em uma cidade e suas respectivas funções.
Habilidades (EF03HI09) Mapear os espaços públicos no lugar em que vive (ruas, praças, escolas, hospitais, prédios da Prefeitura e da Câmara de Vereadores, etc.) e identificar suas funções.
Objetivos
  • Identificar os principais edifícios e serviços públicos existentes na cidade.
  • Compreender a função de cada um dos espaços e serviços públicos existentes.
  • Reconhecer o impacto desses serviços e espaços na vida do próprio estudante e de sua comunidade.
ConteúdoCidadania, sociedade e a vida pública.
DuraçãoTrês aulas.
Recursos didáticos
  • Lousa e giz.
  • Imagens de alguns serviços públicos da cidade em que a escola se situa, como: Câmara dos Vereadores, Hospital, Prefeitura, Escola, Universidade (se houver), Fórum (se houver), Praça, Mercado Municipal, Biblioteca, Museu (se houver).
  • Material complementar de atividades.
AvaliaçãoParticipação dos alunos e correção dos exercícios impressos.
Referências

Metodologia

1ª Aula:

Na primeira aula, o docente deve introduzir verbalmente o conteúdo, explicitando qual o tema e os objetivos da aula.

Em seguida, deve preparar uma lousa para os alunos registrarem o aprendizado ao longo dos estudos. A lousa deve ter um parágrafo de introdução do tema (com o título “Serviços públicos e sua importância para as pessoas”) e, em seguida, listar os serviços e espaços que serão discutidos em sala (Câmara dos Vereadores, Hospital, Prefeitura, Escola, Universidade, Fórum, Praça Municipal, Mercado Municipal, Biblioteca Municipal, Museu). Em cada item, deve-se apresentar o nome do serviço público e deixar quatro linhas para descrever sua função e importância.

2ª Aula:

Na segunda aula e com o caderno já preparado, o docente deve apresentar imagens dos serviços públicos da cidade em que a escola se situa. As imagens podem ser apresentadas em slides ou num material impresso. Ao apresentá-las, o docente deve estimular os alunos a responder se eles sabem o que é aquele edifício, qual sua função e importância para a população local, sempre complementando as respostas com informações pertinentes.

Após a discussão, o docente deve escrever uma definição na lousa e pedir para que os alunos copiem em seu caderno.

3ª Aula:

Na terceira aula, o docente deve distribuir a folha de exercícios, lendo-a com os estudantes e resolvendo-os coletivamente (ver “atividade 2” nas referências).

Atividade de História 3 ano fundamental - plano de aula

Plano de aula 2 – Eventos históricos da cidade

Plano de Aula de História (3º ano do Ensino Fundamental) – Fatos e marcos históricos da cidade

Objetos de conhecimento

História local e os eventos públicos em nossa cidade.
Habilidades

(EF03HI02) Selecionar, por meio da consulta de fontes de diferentes naturezas, e registrar acontecimentos ocorridos ao longo do tempo na cidade ou região em que vive.

(EF03HI05) Identificar os marcos históricos do lugar em que vive e compreender seus significados.

Objetivos
  • Conhecer alguns dos principais eventos históricos da cidade.
  • Valorizar a memória coletiva e as festividades cívicas locais.
ConteúdoHistória local e os marcos históricos de nossa cidade.
DuraçãoTrês aulas.
Recursos didáticos
  • Lousa e giz;
  • Notícias de jornais e revistas, fotografias e vídeos sobre eventos históricos relativos à cidade em que a escola se situa, como a fundação, festas cívicas, marcos comemorados, etc.
  • Cartolina, cola, tesoura, canetinha e lápis de cor.
AvaliaçãoParticipação dos alunos e avaliação da dedicação empregada ao projeto desenvolvido pelos estudantes.
Referências

Metodologia

1ª Aula:

Na primeira aula, o docente deve introduzir o tema da história local da cidade aos estudantes, através da discussão de alguns acontecimentos importantes que ocorreram na região ao longo do tempo. É sempre importante estimular a participação dos alunos, trabalhando com seu repertório prévio e complementando as informações apresentadas.

Em seguida, os alunos devem escolher um evento histórico local para pesquisar, como a fundação da cidade, uma festa cívica tradicional, algum evento histórico conhecido localmente.

2ª Aula:

O docente fornecerá materiais de leitura adaptados para a faixa etária sobre esses eventos, além de fotos, vídeos e ilustrações. Em sala de aula, os materiais serão lidos juntos e discutidos apropriadamente.

Posteriormente, os alunos serão separados em pequenos grupos, sendo que cada um deles criará um pequeno projeto para apresentar aos colegas. Isso pode ser um desenho, um cartaz simples ou até mesmo uma encenação curta, dependendo da preferência do grupo e da natureza do evento histórico abordado.

3ª Aula:

Durante as apresentações dos projetos, os grupos compartilharão o que aprenderam sobre o evento histórico, incluindo detalhes interessantes e por que ele é importante para a história da cidade.

Plano de aula 3 – Investigando os nomes de nossa cidade

Plano de Aula de História (3º ano do Ensino Fundamental) – Conhecendo nossa cidade através dos nomes de ruas, bairros e prédios.

Objetos de conhecimento

História local.
Habilidades (EF03HI06) Identificar os registros de memória na cidade (nomes de ruas, monumentos, edifícios, etc.), discutindo os critérios que explicam a escolha desses nomes.
(EF03HI05) Identificar os marcos históricos do lugar em que vive e compreender seus significados.
Objetivos
  • Conhecer nomes vinculados à memória oficial do município
  • Refletir sobre os processos de construção da memória oficial de uma cidade.
ConteúdoHistória local e memória oficial da cidade.
DuraçãoUma aula.
Recursos didáticos
  • Lousa e giz.
  • Atividade impressa para os estudantes.
AvaliaçãoParticipação dos alunos e qualidade das respostas desenvolvidas.
Referências

Atividades de História para 3º ano do Fundamental (Atividade 3)

Metodologia

No início da aula, o docente deve explicar o tema a ser trabalhado: a investigação histórica sobre o nome do patrono da escola e das ruas da cidade. Em seguida, os estudantes devem receber a folha de atividades relacionadas ao tema.

Efetuada a entrega do material, o docente deve ler os exercícios em voz alta, resolvendo-os conjuntamente com os alunos e acompanhando a elaboração de suas respostas. Aqui, é importante valorizar a participação dos alunos, incentivando-os a compartilhar seus conhecimentos que possam possuir sobre os nomes das ruas e o passado dos personagens que os nomeiam.

Para a solução do exercício sugerido abaixo, é importante que o docente tenha realizado uma pesquisa prévia sobre o patrono da escola e trazer informações relevantes para a aula. É possível complementar a apresentação com imagens, vídeos e notícias sobre o personagem ou evento que nomeou a instituição.

Atividade História 3 ano Fundamental - Plano de Aula - Nomes e história da cidade

Plano de aula 4 – Vida no campo, vida urbana

Plano de Aula de História (3º ano do Ensino Fundamental) – A vida no campo e na cidade, ontem e hoje

Objetos de conhecimento

Modos de vida urbano e rural; A historicidade dos modos de vida da humanidade.
Habilidades (EF03HI08) Identificar modos de vida na cidade e no campo no presente, comparando-os com os do passado.
Objetivos
  • Identificar as diferenças existentes nos modos de vida rural e urbano.
  • Reconhecer a historicidade das relações de trabalho e da relação entre homem e espaço.
ConteúdoHistoricidade dos modos de vida.
DuraçãoDuas aulas.
Recursos didáticos
  • Lousa e giz.
  • Lápis, lápis de cor e folha sulfite.
  • Imagens pré-selecionadas sobre a vida no campo e na cidade através da história.
AvaliaçãoAvaliação dos desenhos, do registro feito pelos alunos no caderno e de sua participação em sala.
Referências

Zona Urbana e Zona Rural
Paisagem Natural e Humanizada

Metodologia

1ª Aula:

Na primeira aula, a atividade é introduzida com a exposição do tema e dos objetivos esperados. Em seguida, os alunos são divididos em pequenos grupos e recebem uma folha de sulfite para cada um. Os grupos devem ser orientados a desenharem e/ou escreverem sobre como é a vida na cidade e no campo hoje em dia. Eles podem incluir elementos como edifícios, meios de transporte, relações familiares, atividades de trabalho, lazer, alimentação, entre outros.

Enquanto os grupos trabalham, circule pela sala para ajudá-los e para estimular a reflexão sobre as diferenças entre a vida na cidade e no campo.

Com os desenhos prontos, o docente deve discutir com o que pensaram e realizar uma comparação entre a vida no campo e na cidade, anotando na lousa os elementos levantados pelos alunos.

2ª Aula:

Na segunda aula, são apresentadas imagens da vida no campo e na cidade em diferentes épocas, abrangendo pelo menos três períodos históricos distintos.

Durante a apresentação das imagens, os alunos devem ser incentivados a compartilhar suas observações e a compará-las com os modos de vida contemporâneos discutidos anteriormente, destacando as transformações e continuidades.

Para encerrar, os alunos registram em seus cadernos as mudanças e permanências nos modos de vida urbano e rural ao longo do tempo, numa sugestão de tabela elaborada pelo professor.

Imagens da vida rural e urbana em outros tempos (material de apoio):

Colheita de Grãos, cena pintada no Antigo Egito.
Colheita de Grãos, cena pintada no Antigo Egito. (Imagem de domínio público)
Ilustração medieval de homens colhendo trigo com foices, séc. XIII.
Ilustração medieval de homens colhendo trigo com foices, séc. XIII. (Imagem de domínio público)
Engenho na Paraíba, 1645
Engenho na Paraíba, 1645 (Imagem de domínio público)
Colheitadeira puxada por trinta e quatro animais, foto de 1890 e 1900.
Colheitadeira puxada por trinta e quatro animais, foto de 1890 e 1900. (Imagem em domínio público)
Carcassone, cidade medieval ainda preservada na França.
Carcassone, cidade medieval ainda preservada na França. (Fonte: Chensiyuan)
São Salvador, capital do Reino do Congo, no final do século XVII.
São Salvador, capital do Reino do Congo, no final do século XVII. (Imagem em domínio público)
São Paulo, início da década de 1900 - Avenida São João
São Paulo, início da década de 1900 – Avenida São João. (Autor: Guilherme Gaensly, imagem em domínio público).

Plano de aula 5 – Patrimônio Histórico da Cidade

Plano de Aula de História (3º ano do Ensino Fundamental) – Conhecendo o patrimônio histórico de nossa cidade

Objetos de conhecimento

Patrimônio Histórico e a História Local
Habilidades (EF03HI04) Identificar os patrimônios históricos e culturais de sua cidade ou região e discutir as razões culturais, sociais e políticas para que assim sejam considerados.
(EF03HI05) Identificar os marcos históricos do lugar em que vive e compreender seus significados.
Objetivos
  • Conhecer e valorizar o patrimônio histórico local material e/ou imaterial.
  • Compreender o significado histórico do patrimônio existente na cidade.
ConteúdoPatrimônio Histórico e a história da cidade.
DuraçãoTrês aulas.
Recursos didáticos
  • Lousa e giz;
  • Visita guiada
  • Lápis de cor e folha sulfite.
AvaliaçãoParticipação dos alunos e avaliação da dedicação empregada ao projeto desenvolvido pelos estudantes.
ReferênciasTextos do Toda Matéria:

Metodologia

1ª Aula:

Na primeira aula, o docente apresenta o objetivo das próximas aulas: conhecer o patrimônio histórico da cidade onde a escola está localizada.

Em seguida, explica aos estudantes os conceitos de patrimônio histórico material (como prédios antigos, monumentos) e imaterial (festas, tradições, música). Aqui, os alunos são incentivados a compartilhar exemplos de patrimônio histórico que conhecem, valorizando seu repertório prévio. Ao final, os conceitos discutidos e alguns exemplos citados são sistematizados na lousa.

2ª Aula:

Na segunda aula, organiza-se uma visita guiada a um local histórico na cidade, como uma igreja histórica, uma praça com estátuas, uma fazenda ou um museu local. Durante a visita, os alunos são estimulados a observar e registrar suas impressões através de desenhos simples ou pequenas anotações sobre o que acharam interessante. Para essa etapa, é possível buscar apoio de instituições culturais que ofereçam visitas guiadas às escolas.

3ª Aula:

Na aula seguinte, o docente propõe aos alunos fazer um desenho e/ou escrever sobre o que aprenderam durante a visita ao patrimônio histórico. Em seguida, os alunos compartilham o desenho e a escrita numa roda de conversa com os colegas. Nesse momento, o professor pode fazer perguntas e intervenções para ressaltar a importância e o significado desse patrimônio histórico para a comunidade local.

Plano de aula 6 – Investigando as brincadeiras do passado

Plano de Aula de História (3º ano do Ensino Fundamental) – Investigando a historicidade do lazer.

Objetos de conhecimento

História oral e a historicidade das relações humanas.
Habilidades (EF03HI12) Comparar as relações de trabalho e lazer do presente com as de outros tempos e espaços, analisando mudanças e permanências.
(EF03HI08) Identificar modos de vida na cidade e no campo no presente, comparando-os com os do passado.
Objetivos
  • Identificar a historicidade das relações humanas, analisando suas rupturas e permanências.
  • Valorizar a memória e a trajetória das pessoas mais velhas, sobretudo dos responsáveis.
ConteúdoModos de viver e modos de brincar ontem e hoje.
DuraçãoTrês aulas.
Recursos didáticos
  • Lousa e giz
  • Entrevista dos alunos com alguma pessoa mais velha.
  • Lápis, papel sulfite e lápis de cor.
  • Imagens de brincadeiras antigas.
AvaliaçãoParticipação dos alunos, qualidade das entrevistas e envolvimento na produção dos desenhos solicitados.
Referências

Metodologia

1ª Aula:

Na primeira aula, o docente deve iniciar com uma conversa sobre as brincadeiras favoritas dos alunos, anotando algumas menções na lousa. Em seguida, perguntará como eles imaginam que seus pais e avós se divertiam antigamente, discutindo as respostas.

Em seguida, explica-se aos alunos que a atividade consistirá em entrevistar uma pessoa mais velha para descobrir como eram as brincadeiras e o trabalho antigamente, buscando identificar mudanças e permanências entre gerações.

Para facilitar a tarefa, os alunos podem ser divididos em duplas ou trios. É recomendável fornecer um roteiro de perguntas para a entrevista, como “Como você se divertia antigamente?”, “O que fazia nas horas livres?” e “O que mudou nas brincadeiras desde então?”

2ª Aula:

Na segunda aula, os alunos compartilham suas descobertas sobre as antigas formas de lazer, identificando mudanças e semelhanças.

Encerrada essa etapa, deve-se pedir aos alunos para fazerem desenhos imaginando seus entrevistados se divertindo segundo as descrições feitas, estimulando assim sua imaginação sobre o tema.

3ª Aula:

Na terceira aula, deve-se apresentar cenas de brincadeiras de tempos ainda mais remotos, ampliando a compreensão da historicidade das relações humanas.

Para finalizar a sequência didática, os alunos devem ser convidados a imaginarem as brincadeiras do futuro, com um desafio adicional de propor brincadeiras inclusivas ou sustentáveis, encorajando uma reflexão sobre a necessidade de superação de problemas atuais em nossa sociedade.

Sugestão de imagens e brincadeiras antigas para discussão em sala:

Miniaturas de brinquedos da Grécia Antiga
Miniaturas de brinquedas da Grécia Antiga
Imagem de uma partida de Xadrez, datada do século XIV
Imagem de uma partida de Xadrez, datada do século XIV.
Simulação de uma espécie de cabo de guerra, numa feira que simula tradições medievais.
Simulação de uma espécie de cabo de guerra, numa feira que simula tradições medievais.
Austus Earle, Jogos durante o carnaval no Rio de Janeiro (Entrudo familiar), 1822. Aquarela.
Augustus Earle, Jogos durante o carnaval no Rio de Janeiro (Entrudo familiar), 1822. Aquarela.

Com informações do Toda Matéria