10) Hansen (2015) afirma que há medida que detectamos a criação do discurso como reprodução de sentido, compreende-se que o que se produz é o efeito de criatividade. Nas palavras do autor “A criatividade não é uma atividade livre do sujeito, pois a apropriação dos pré-construídos é determinada pela formação discursiva que o determina. Isso significa Selecione uma alternativa: a) estabelecer que se o dizer tem história, na prática do processo criativo há sempre um novo sentido atribuído. b) ser a ressonância de significação na verticalidade do discurso e se concretizar na horizontalidade. c) que o poder da criatividade se centra na capacidade de imobilizar o discurso-outro e de formulá-lo, significá-lo. d) que no processo criativo se renovam e se materializam ideias “criativas”, o que já é da ordem do repetido. e) que o processo de criatividade é um dizer, porém de modo a provocar um efeito de sentido diverso.